See other templates

Efeitos da atividade física no organismo humano

 

Efeitos da atividade física no organismo humano

 

Cérebro:
 

 - Proporciona sensação de bem estar.
 - Melhora a auto-estima.
 - Reduz sintomas depressivos e ansiosos.
 - Melhora o controle do apetite.

Como funciona:

A atividade física estimula a liberação de substâncias que "melhoram" o funcionamento do sistema nervoso central.

 

 

 

Nariz e Garganta:

Reduz a ocorrências de gripes, resfriados e infecções respiratórias em geral.

Como funciona:

A atividade física estimula a produção de alguns aminoácidos
(componentes das proteínas) que melhoram a ação protetora
do sistema imunológico.

Pulmões:
 

- Melhora a capacidade pulmonar.
            - Aumenta a capacidade de consumo de oxigênio.

Como funciona:

A atividade física aumenta a rede de pequenos vasos que irrigam os alvéolos pulmonares (estruturas de troca de gases), melhorando o aproveitamento de oxigênio pelo pulmão. Desse modo, a respiração fica mais eficiente.

Coração:

Melhora o funcionamento do coração (para um mesmo esforço, o trabalho cardíaco passa a ser menor).
            Aumenta a resistência aos esforços físicos e ao estresse
            Reduz doenças cardíacas (angina, infarto, arritmias, insuficiência etc).
            Aumenta a sobrevida até mesmo nas pessoas que já tiveram um infarto.

Como funciona:

Estimula uma melhor vascularização (aumento da irrigação de sangue para o próprio coração), o que garante melhor funcionamento do órgão. Reduz fatores de risco para artérias coronárias - como pressão arterial e colesterol.

Barriga:

Facilita a perda de peso ou a manutenção do peso desejado
           Combate a obesidade.


Como funciona:

Reduz a gordura e aumenta a massa muscular.
            O músculo é um tecido muito ativo, que ajuda no maior consumo de calorias ao longo do dia.


Pâncreas:


Facilita o controle do diabetes.


Como funciona:


          Diminui a resistência à ação da insulina ( hormônio que facilita a entrada de glicose nas células), favorecendo um melhor controle dos níveis de açúcar no sangue.

Pernas:


Diminui edemas, varizes e o risco de trombose.

Como funciona:

Aumenta a pressão dos músculos sobre as veias das pernas. Funciona como uma espécie de bomba, que ajuda o sangue a vencer a força da gravidade e voltar mais facilmente para o coração.

Vasos Sangüíneos:

Reduz obstruções nas paredes dos vasos, diminuindo problemas como aterosclerose (placas de gordura), " derrames cerebrais" e infartos.


Como funciona:

Reduz as taxas de colesterol total e eleva o HDL (colesterol "bom"), que protege contra a formação de placas de gordura nas artérias. Combate a hipertensão, reduzindo os níveis de pressão arterial.

Músculos:

Fortalece a massa muscular.
Aumenta a flexibilidade.

Como funciona:

A atividade estimula o desenvolvimento das fibras musculares que compõem os diversos músculos do corpo.

Ossos:

Reduz os riscos de osteoporose (enfraquecimento dos ossos) e fraturas na velhice

Como funciona:
               Estimula a proliferação dos chamados osteoblastos (células que contribuem para o crescimento do tecido ósseo)

Fonte: Apostila de Educação Física do ESFRA. Profº Ivan Ribeiro

 

 

 

Visitantes

Temos 21 visitantes e sem membros em linha

Go to top